Cinquenta migrantes, entre os quais alguns idosos, morreram ao largo da Líbia por causa do naufrágio da embarcação em que viajavam. Quem o comunica é a Crus Vermelha libanesa, sem confirmação oficial por parte das autoridades do governo. Pouco antes a OIM, organização das Nações Unidas para as migrações, informara que pelo menos 11 pessoas haviam morrido perto da Líbia depois que o bote em que viajavam naufragara. Havia 24 pessoas a bordo. Segundo as autoridades libanesas, 12 foram salvas.